Os auditores da Receita Federal decidiram paralisar suas atividades por tempo indeterminado a partir desta quinta-feira, dia 14.

Segundo o Sindifisco (Sindicato Nacional dos Auditores Fiscais da Receita Federal), a greve acontecerá duas vezes por semana, às terças e quintas-feiras.

A greve, segundo o sindicato, é uma resposta ao atraso do governo em enviar um projeto de lei ao Congresso para reajustar os salários da categoria.

Segundo o Sindifisco, durante a greve haverá a chamada “Operação Padrão” nas fronteiras, nos portos e nos aeroportos, com fiscalização mais rigorosa na liberação de cargas e de bagagens.

“Esse é o resultado do descumprimento do acordo salarial, fechado dia 23 de março deste ano. O governo federal alega não ter previsão de quando remeterá ao Congresso o projeto de lei relacionado ao aumento e à pauta não remuneratória da categoria”, disse o sindicato em nota.

Na última quarta-feira, dia 6, uma comitiva do sindicato não chegou a um acordo com o ministro do Planejamento, Dyogo de Oliveira, para destravar o projeto no Congresso. Segundo o Sindifisco, Oliveira alegou “dificuldades técnicas e jurídicas” para tratar do caso.


 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>