A Receita Federal esclareceu como será a tributação dos ganhos em aplicações financeiras obtidos por pessoas físicas que adquirem a condição de não residentes no Brasil. 

Segundo o Ato Declaratório Interpretativo nº 1, publicado no “Diário Oficial da União” desta quarta-feira (20), no caso de pessoa física residente no Brasil que adquire a condição de não residente, para fins de aplicação do regime especial de tributação aplicável ao investidor estrangeiro não residente em país com tributação favorecida, o responsável tributário deverá: 

a) exigir da pessoa física residente no país que adquire a condição de não residente a comprovação de que apresentou a Comunicação de Saída Definitiva do País à Receita; e 

b) reter e recolher o Imposto de Renda retido na fonte incidente sobre os rendimentos obtidos até o dia anterior ao da aquisição da condição de não residente. 

No caso de aplicações financeiras não sujeitas à retenção do IR na fonte, o contribuinte (ou seu representante legal) deverá apurar e recolher o imposto na forma prevista na legislação vigente, especialmente a Instrução Normativa nº 1.585, de 31 de agosto de 2015. 

Essa instrução disciplina a cobrança e o recolhimento do IR sobre os rendimentos e ganhos obtidos nos mercados financeiros e de capitais, por investidores residentes ou domiciliados no país e no exterior. 

A Receita diz que “a medida visa evitar que contribuintes pessoas físicas, por meio de planejamento tributário, aproveitando-se das isenções concedidas a não residentes, evitem a incidência do IR sobre os rendimentos auferidos em aplicações financeiras”. 

O ato declaratório determina que a pessoa física que adquire a condição de residente no Brasil deve comunicar o fato à fonte pagadora. Por fim, a Receita esclarece também que ficam modificadas as conclusões em contrário constantes em soluções de consulta ou de divergência emitidas anteriormente ao ato declaratório, independentemente de comunicação aos consulentes.


 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>