Tradicionalmente a B&M envia a seus clientes e amigos, em todo final de ano, cartão de natal apresentando um fato real e histórico, relacionado a uma de suas principais áreas de atuação, a tributária. 

E neste ano de 2014 não será diferente. Os caros leitores serão surpreendidos e ficarão curiosos com o Imposto sobre os Solteiros, que existiu de 1941 até 1964, quando foi revogado. 

“O então Presidente da República, Getúlio Vargas, queria aumentar a população brasileira da época e, para tanto, julgou adequado aumentar o Imposto de Renda para animar os solteiros a casarem e ter filhos.  E, assim, os solteiros maiores de 25 anos e sem filhos ficaram sujeitos a um adicional de 15% sobre o Imposto de Renda devido. E, pior, devia ser pago à vista, sem direito a parcelamento. 

Apesar do apelido que o adicional recebeu, não era exigido apenas dos solteiros.  Os casados maiores de 25 anos e sem filhos pagavam um adicional de 10%.  Os casados maiores de 45 anos e com um único filho recolhiam, por sua vez,  5%. 

Felizmente essa lei foi revogada, pois atualmente seria muito complicado ter muitos filhos e poder descontar do Imposto de Renda apenas R$179,71  por dependente/mês, o  que  não é suficiente nem para comprar as fraldas de um bebê”. 

Em breve os cartões seguirão, mas desde já os sócios e demais integrantes da B&M desejam a todos os clientes e amigos um Feliz Natal e um novo ano de muita prosperidade.


 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>